O portfólio profissional é a vitrine ideal para vender o seu trabalho. Muitas empresas solicitam esse material para analisar se o candidato é criativo, se domina as técnicas e habilidades que a profissão exige e se atende às expectativas do cargo oferecido.

Mas a formatação desse instrumento ainda gera muitas dúvidas. Se você também quer descobrir como criar um portfólio, reunindo os materiais de forma atraente aos olhos do recrutador, este post é ideal, pois ele mostra tudo o que você precisa saber. Acompanhe!

O que é portfólio e quais são seus tipos 

O portfólio reúne breve biografia, trabalhos de destaque e contatos do profissional. Contém elementos visuais que tenham relação com suas características visuais e seu intuito é reunir em um único lugar os melhores trabalhos desenvolvidos. É possível elaborá-lo em três versões: impresso, digital e on-line.

Impresso

Muito comum antes da Internet, é formado em uma pasta com ilustrações, imagens, textos e trabalhos desenvolvidos pelo profissional.

Se você é um ilustrador, por exemplo, esse tipo de composição pode se mais eficiente do que o digital, pois a vantagem desse modelo é que a imagem impressa define fielmente as cores e texturas do trabalho.

Digital

Essa versão organiza os trabalhos em formato de apresentação de slides ou arquivo PDF, podendo ser enviada por e-mail ou armazenada em um pendrive.  

O diferencial do formato digital é permitir colocar trabalhos que tenham animação, ou seja, apresentações em flash, jingles, filmagens etc.

On-line

Existem diversas plataformas voltadas para organização e publicação de portfólios. Behance, DevianArt e Carbonmade são as mais utilizadas por profissionais da área de ilustração e design.  

Esses sites permitem, por meio de pastas e tags, a transferência de vários tipos de conteúdos, como textos, imagens e vídeos, além de oferecer recursos muito interessantes para a organização dos trabalhos,

Essa é a opção mais recomendada, pois possibilita que você disponibilize seu portfólio para quem quiser ver, o tempo todo. Outro diferencial é permitir fazer contatos, ampliar conhecimentos e buscar trabalhos. 

Como criar um portfólio

Para fazer um portfólio, você precisa entender qual é o seu objetivo, isto é, qual mensagem sobre sua carreira você deseja passar. Então, reproduza da melhor maneira possível.  

As dicas abaixo vão te ajudar nesse processo.

Escolha a melhor plataforma

A primeira coisa a ser feita é definir onde os trabalhos mais relevantes vão ser expostos. Como vimos anteriormente, há trabalhos que ficam melhores se apresentados impressos. Se esse for o seu caso, é melhor garantir a qualidade da impressão e sua conservação. Portanto, escolha pastas que possam proteger as impressões.

Se as plataformas on-line forem melhores para o que você pretende apresentar, existem muitas versões gratuitas na Internet. Basta escolher uma e começar.  

Faça uma lista dos melhores trabalhos

Liste quais são os trabalhos que te destacam e mostram todo o seu potencial criativo e escolha o melhor dos trabalhos para ser o primeiro a ser apresentado. Assim, você causa um impacto positivo em quem está avaliando o material.

Uma dica importante: seja funcional e tenha as informações mais importantes à vista, principalmente se optar pelo modelo on-line. Além disso, seja sucinto na hora de descrever os trabalhos, relatando o que você fez, para quem e quais foram os resultados alcançados.

Inclua o processo criativo de cada trabalho

Relate também o processo de criação da peça: quais informações você utilizou, as etapas de criação, entre outros dados relevantes sobre o desenvolvimento criativo.

Fale de você

Não se esqueça de incluir informações sobre você. Isto é, sua formação, qualificação profissional e demais dados que destaquem suas habilidades técnicas.

Vimos que o portfólio é um recurso visual muito usado por designers, diretores de arte, ilustradores, fotógrafos, redatores e arquitetos, entre outras profissões, para organizar os trabalhos durante a carreira.

Logo, abuse da criatividade para despertar a atenção dos recrutadores e se destacar da concorrência. Com isso, você tem mais chances de conquistar projetos bacanas que vão reforçar ainda mais sua credibilidade diante dos clientes e, consequentemente, aumentar seu faturamento.

Agora que você aprendeu como criar um portfólio, escolha seus materiais e comece a criar o seu hoje mesmo! Antes disso, porém, assine nossa newsletter e receba outros conteúdos relevantes para sua carreira!