O termo sustentabilidade está, cada dia mais, sendo considerado como um dos temas mais importantes e polêmicos da atualidade, pois os recursos de nosso planeta estão acabando. Assim, a arquitetura sustentável tem um papel fundamental nesse assunto.

Basicamente, a arquitetura sustentável é uma maneira de atender a humanidade de modo eficiente, sem causar degradação e grandes impactos ambientais na natureza, como a poluição física e química. E, além de tudo isso, possibilita uma viabilidade econômica, por serem recursos, muitas vezes, reutilizáveis. Assim, a regeneração do planeta pode ser feita de forma inteligente, com custos reduzidos de energia elétrica, água e resíduos.

Ela calcula todo tipo de dano que uma construção pode causar ao ecossistema, tomando todas as precauções necessárias para que seja feita em harmonia com os trabalhadores, moradores e, não menos importante, com o ambiente da região em que se encontra.

Pensando, então, no seu aprimoramento profissional nesse ramo, vamos mostrar como tornar seu projeto mais sustentável com dicas simples e infalíveis. Acompanhe com a gente!

Aposte em soluções tecnológicas

Diferentemente do que alguns pensam, o uso da tecnologia é o que permite a criação e o aprimoramento de produtos para utilizar nas estruturas ecológicas e, inclusive, internamente, dentro do recinto.

Lâmpadas de LED, revestimentos produzidos com materiais reciclados e pisos de plástico ou borracha são uns dos vários exemplos de como podemos aliar a tecnologia a nosso favor. E não se preocupe com valores, pois, mesmo que sejam um pouco além do estimado no orçamento, a natureza agradece e quem ganha com isso somos nós.

Mas sempre busque essa rentabilidade sem tirar o seu conforto, pois, caso contrário, vai achar que a culpa é da sustentabilidade.

Reutilize materiais de construções

Estamos em uma sociedade totalmente consumista, que gosta muito de produtos descartáveis e/ou que possam ser utilizados por curtos períodos de tempo. Assim, surgiram inovações e ideias para mudar esse panorama.

Uma dessas tendências no mercado moderno é o rústico, que está fazendo muito sucesso e cria ambientes sensacionais se feito da forma correta. Existem empresas que já são especializadas em coletar esses materiais de demolição, entre outros, e revendê-los por preços bem acessíveis.

Se quiser fazer por si só, basta procurar por entulhos em obras que descartam muitas coisas boas e duráveis. Analise se, realmente, vai compensar comprar móveis novos, pois pode gerar impactos danosos ao meio ambiente.

Poupe recursos naturais

Como salientado acima, a escassez de nossos recursos está cada dia mais evidente, inclusive de nosso bem maior que é a água potável. Assim, torna-se imprescindível educarmos nossos filhos e a nós mesmos para uma mentalidade sustentável.

Projetos arquitetônicos que buscam o enriquecimento do solo e vegetação, além da própria água, ajudam a preservar nosso planeta.

Boas práticas como investimento em cisternas em que se possa guardar a água da chuva e reutilizá-la dentro da casa, energia solar por meio de painéis, aparelhos que, ao serem usados, geram energia calorífica ou elétrica, são ideias sempre bem acolhidas.

Crie indicadores assertivos

Esses indicadores servirão para monitoramento da obra e, também, o quanto está sendo consumido em toda estrutura, tendo o pleno controle do que está ocorrendo e o que precisa de cuidados especiais.

Por cada projeto ter sua própria maneira de ser, é impossível dispor de uma fórmula pronta. Verificar contas de luz e água durante meses ou até anos é um modo de saber se o consumo foi reduzido e se valeu a pena todo o planejamento.

Faça a economia girar

Caso queira e já exista algum cômodo em sua casa que ficou desocupado e sem utilidade, pode ser anunciado em sites de aluguel e aplicativos especializados nesse setor.

Assim, além de proporcionar estadia a pessoas que precisam, você pagará as despesas da residência e economizará dinheiro.

Agora que sabe como promover uma arquitetura sustentável, interagindo com o meio ambiente, como um bom arquiteto, você pode virar referência nesse nicho do mercado e se destacar, fazendo cursos como os oferecidos em nossa empresa.

E, aí, leitor? Gostou de aprender sobre projetos sustentáveis? Tem mais alguma sugestão ou novidade para ajudar as pessoas? Então, não se esqueça de deixar seu comentário no nosso post!