Vivemos em uma época na qual o custo de vida está cada vez mais elevado, enquanto os negócios e o mercado de trabalho passam por transformações profundas, impactando nos ganhos financeiros. É por isso que descobrir como ganhar mais dinheiro é o desejo de muitas pessoas. 

Profissionais das áreas criativas, entretanto, encontram algumas vantagens diante do restante dos mortais: têm conhecimentos e habilidades bastante valorizadas em diversos segmentos, tornando-os imprescindíveis para os mais diversos tipos de empresas.

Pensando em ajudá-lo a monetizar o seu talento, preparamos este artigo com 4 dicas imbatíveis para você colocar sua criatividade em prática imediatamente. Acompanhe!

Sites de concorrência criativa

Os sites de concorrência criativa permitem que os clientes postem suas necessidades e depositem um valor para pagar por um determinado serviço, enquanto os freelas cadastrados criam os projetos solicitados: logotipos, folders, cartões de visita e outras artes oferecidas em agências de publicidade tradicional.

Nessa modalidade, o designer não recebe pelo tempo dedicado ao trabalho, mas pela escolha do cliente. Se o cliente escolher sua criação, você recebe o dinheiro depositado por ele, já com os descontos das taxas de administração do site (em torno de 10%).

Veja dois exemplos, a seguir:

Sites de freelancers

Os sites de freelancers, diferente dos de concorrência criativa, possibilitam que os clientes submetam suas necessidades, e redatores, programadores, designers e jornalistas façam uma proposta. 

Aquele que o cliente achar mais conveniente será contratado por meio do site, que cobra e repassa o valor estipulado, já com o desconto da taxa administrativa (entre 5% a 10%) do valor total.

Nesse caso, o cliente é o responsável por escolher o profissional e para isso ele se baseia em seu portfólio. Se você for o selecionado, você executa o trabalho, e o valor acordado fica em uma conta do projeto.

Confira, abaixo, algumas plataformas com essa finalidade:

Revenda de material gráfico

Você já pensou em vender aquelas artes que você passa horas vetorizando e estilizando em seu computador para pequenos empresários e donos de lojas virtuais?

Pois saiba que esse mercado oferece inúmeras possibilidades em forma de canecas, camisetas e outras infinidades de artigos que esperam por uma mente brilhante para ilustrá-los.

Penduralá é um bom exemplo desse tipo de e-commerce.

Criação de estampas

A spreadshirt é um site no qual você pode deixar suas artes disponíveis para serem utilizadas em camisetas, moletons, mochilas etc. Para fazer parte da rede, basta fazer o cadastro e aceitar os termos, em inglês (recomendamos uma leitura atenta às regras da empresa).

O pagamento é em dólares, depositado em sua conta quando chegar a certo volume de vendas. Tome cuidado para que o valor não seja convertido em produtos do site.

Venda de artes on-line

Na Zazzle você cria uma pequena loja dentro da plataforma, envia suas artes, usando um produto como modelo, e ganha sobre os royalties das vendas.

Aulas online/presenciais

Se você se frustra por não colocar em prática tudo o que aprendeu, por que não criar um curso online para ensinar todas aquelas técnicas para as pessoas?

Crie um curso online ou procure por grandes portais e ofereça algum treinamento específico. É possível vender um curso fechado, por módulos ou até mesmo um workshop.

Outra opção é procurar por uma escola presencial e oferecer workshops avançados. Há centenas de instituições de ensino em busca de bons profissionais na área.

Por fim, uma dica importante: para ser bem-sucedido trabalhando em múltiplos projetos simultaneamente, é importante se organizar e criar uma agenda que permita administrar o tempo de maneira eficiente.

Assim, nenhuma atividade será negligenciada — prejudicando o andamento das tarefas — e você vai conseguir entregar o trabalho dentro do prazo estipulado. Isso contribui para elevar sua reputação entre os clientes, aumentando ainda mais suas chances de obter bons projetos, e consequentemente, o faturamento. 

Viu como ganhar mais dinheiro não é tão difícil quanto se imagina? Então capriche no portfólio, analise quais oportunidades são mais atrativas para você e mão na massa!

Agora que você descobriu que existem boas oportunidades esperando por bons designers, compartilhe este artigo nas redes sociais. Seus amigos vão curtir!