Trabalhar como freelancer é uma excelente opção para quem passa por dificuldades de encontrar emprego e quer se recolocar no mercado, seja por conta da crise ou pelo simples desejo de mudar de área.

A flexibilidade que essa modalidade oferece tem atraído profissionais de diversos ramos, incluindo o do design. No entanto, é preciso muita organização e disciplina para não procrastinar a realização das tarefas e deixar de cumprir os prazos de entrega dos materiais.

Durante a leitura do post de hoje, você descobrirá as práticas essenciais para ser um designer freelancer bem-sucedido. Acompanhe!

Quais as possibilidade para um designer?

O setor de criação disponibiliza várias oportunidades para freelancers. Há uma grande procura por designers gráficos, por exemplo. Neste caso, é possível desenvolver imagens personalizadas para redes sociais, e-mail marketing, posts em blogs, websites, banners e outros materiais gráficos, como cartões de visitas e flyers.

Na arquitetura, por sua vez, existe alta demanda para projetar e idealizar espaços. Isso pode gerar renda por um período mais extenso, visto que esse tipo de serviço exige tempo.

Como gerenciar as tarefas?

Neste segmento, é fundamental ser bastante organizado, pois é muito fácil se perder e prejudicar a própria reputação. Então, organize-se para entregar o que foi acertado na data combinada. Uma dica: crie um cronograma em que apareçam as tarefas e suas respectivas datas. Também classifique as atividades por ordem de urgência e importância, trabalhando uma a uma.

Isso garante que todos os serviços sejam cumpridos e que você não se desespere quando o prazo final se aproximar.

A disciplina é outro fator de extrema importância para quem quer viver de freela. Sem ela, é bastante provável que você se distraia o dia inteiro e tenha que trabalhar madrugada adentro para terminar tudo a tempo.

Além de comprometer o resultado final do seu trabalho, essa conduta impacta na sua qualidade de vida, fazendo mal para a saúde.  

Quais os melhores lugares para trabalhar como freelancer?

Montar um portfólio é a maneira mais eficiente de se apresentar ao mercado. Essa seleção dos melhores trabalhos é a “vitrine” das suas habilidades, e deve estar disponível aos potenciais clientes. Dito isto, agora você conhecerá as principais plataformas do segmento para investir na carreira de freelancer. Confira!  

Freelancer.com

Nela, encontra-se jobs tanto no Brasil quanto no exterior. No segundo caso, é preciso ter certa fluência em inglês para aumentar as chances de conquistar uma vaga. 

99Freelas

Aqui há uma grande variedade de oportunidades, mas você deve ser paciente, pois a concorrência é alta.

Rock Content

A Rock Content oferece oportunidades relacionadas à criação de imagens, artes para redes sociais e diagramação.

Recapitulando: ter um bom portfólio não basta para se tornar um designer freelancer renomado. Ser organizado e ter disciplina, além de estar sempre atualizado, são outros aspectos valorizados atualmente.

Então, saiba gerenciar as tarefas para finalizá-las dentro do prazo combinado. Ser acessível, responder as mensagens com rapidez, oferecer soluções com agilidade e ter paciência para lidar com o público também contribuem para uma boa imagem no mercado.

Ao seguir essas dicas, você tira tudo isso de letra, aumentando consideravelmente suas chances de angariar bons projetos ao trabalhar como freelancer!

Gostou do artigo do dia? Siga-nos nas redes sociais: estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e no Google+!